quarta-feira, 28 de abril de 2010

Sonhos

Atravesso as ruas da minha vida, em buca do meu lugar, esgueirando-me por entre  sonhos adormecidos, em medo profundo de acordá-los.
Antevejo-lhes em burburinho, ao despertar, e os olhos tristes e calados - dos meus sonhos - ao chegar o anoitecer.
Deixo-os, pois, agora repousarem e sonharem com a manhã.
Sonham os sonhos meus com flores enfeitando janelas, pássaros entrevoando as árvores, orquestrando o meu jardim.
Deixo-os sonhar. Sonhar um pouco mais o sonho sonhado só por aqueles que sonham com o amanhecer.
Deixa esta noite passar e acorda-los-ei, revestidos de luz e encanto, a vibrarem de alegria, a cantarem a esperança deste meu viver.E não apenas os terei, mas, fa-los-ei SONHOS, ajudá-los-ei a caminhar.
Não acamparão mais pelos caminhos, não lhes alcançarão mais os estrondos da noite nem os risos do não.
Haverá, sempre, uma manhã a lhes saudar, a lhes proteger.
E, sob os raios de sol, sons de cachoeiras abrir-se-ão, cheiros de florescer erguer-se-ão e os meus sonhos, por sobre trilhas, em relvas verdejantes crescerão e frutos darão os meus sonhos, sonhos meus, fênix em mim, tão cansada de perecer.

6 comentários:

  1. Lice querida
    Que bom, logo cedinho, ler estes seu versos lindos! Você consegue colocar a palavra certa no lugar mais exato!
    Parabéns!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Quem não sonha não vive! Seja o sonhar acordado, nas asas da imaginação ou seja o sonhar dormido, que adormecido em nós, espreguiça e acorda tantas coisas... Sonhei com meu pai, e foi tão bom! Ele já se foi a muito, mas o maravilhoso poder da mente, trouxe-o para mim e eu criança(que a muito deixei pra trás) sentou no colo dele e pude matar a saudade...
    Sonhar é uma dádiva de Deus, quando dormimos. E sonhar está no coração de Deus, quando cremos nas concretizações de projetos!
    Beijos querida e obrigada pelo comentário. volte quando quiser e eu estou sempre pronta para um dedinho de prosa!
    Lindo também teu espaço! Parabéns

    ResponderExcluir
  3. Lindo, Lice. Acalentando os sonhos, como uma Fênix deve ser, renascendo todos os dias. Gostei muuito. Beijão

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde, Lice.
    Agradeço a visita e as gentis palavras que deixaste em meu blog, a 14 de abril. Por este seu poema - lindo e encantador - ficou-me uma enorme curiosidade para ler o seu blog, se me permitir. Por ora um grande abraço e ótima semana!
    Adh2bs

    ResponderExcluir