quarta-feira, 25 de maio de 2011

Meu Lugar

Meu Deus, eu quero
ir pra roça!
Quero voltar pro meu lugar.
Quero mergulhar-me
nos riachos,
visitar as cachoeiras,
Derramar meu olhar
pelos campos,
Espalhar o meu coração
por aquele chão
e ficar, para sempre,
por lá.

Ouvir o canto da sanfona,
A viola, pelos ares,
a chorar
Percorrer o estradão,
Rodopiar, lá no terreiro,
nas belas noites
de São João
com o meu povo, a cantar.

Meu Deus, eu quero voltar
a ouvir o galo cantar,
nas madrugadas,
sem solidão
E os passarinhos
um canto só orquestrar,
O cheiro de mato pelos ares,
saudando um novo dia,
 regando a paz com uma mão
e com a outra,
despedindo-se do luar.

Meu Deus, meu Deus,
eu quero  pra roça voltar,
Cantar sorrir, dançar,
Embaixo daquele umbuzeiro,
no meio da plantação,
dormir e acordar
 E com a Natureza,  a sorrir,
em plena comunhão,
ver o Teu rosto, a nos velar

3 comentários:

  1. Minha querida

    Um poema lindo...uma canção de encantar, adorei e deixo o meu beijinho.

    Sonhadora

    ResponderExcluir
  2. Olá querida poetisa!

    Lindo seu poema...volte par roça, pois lá há mais verdade, natureza e um belo luar, sem postes para atraplhar. Sem falatórios de pessoas a te desagradar. Um lugar de paz e retidão...!

    Beijos
    Ana

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Venho convidar-lhe para o meu post do dia 15 onde participamos um número considerável na BCFV em que debateremos a JUVENTUDE...
    Participe vc também!!!
    Seja sempre muito bem vindo(a)!!!
    Bjs de paz
    http://espiritual-idade.blogspot.com/

    ResponderExcluir